CORONAVÍRUS

A operadora DANAMED está alinhada com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e com as demais autoridades de saúde do País para colaborar da forma mais efetiva possível na resposta brasileira ao Coronavírus e nas medidas para enfrentamento da pandemia. Confira a seguir as principais informações sobre o tema.

É importante ressaltar que a cobertura dos planos de saúde está preservada, não havendo qualquer restrição de atendimento aos beneficiários. As medidas que vêm sendo tomadas pela reguladora buscam preservar os beneficiários do risco de contaminação e contribuir para que a rede conveniada da operadora possa priorizar os atendimentos aos casos graves da Covid-19.

PRINCIPAIS MEDIDAS NA SAÚDE SUPLEMENTAR:

● Cobertura obrigatória para o exame de detecção da Covid-19 (a partir de 13/03)

● Cobertura obrigatória para tratamento da doença, segundo segmentação do plano

● Prorrogação de prazos máximos de atendimento, priorizando casos de Covid-19

● Orientação para realização de atendimento à distância e viabilização da implementação da Telessaúde

● Orientação para disponibilização de canais de atendimento específicos para esclarecimentos e informações sobre a doença






O que é Coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. Provoca a doença chamada de coronavírus (COVID-19). Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa. A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1...

O que é COVID-19?



A COVID-19 é a enfermidade infecciosa causada pelo coronavírus que se descobriu mais recentemente. Tanto o novo coronavírus como a enfermidade eram desconhecidos antes do início do surto em Wuhan (China) em Dezembro de 2019.






Principais sintomas






O que você precisa saber e fazer: Como proteger-se





























O que você precisa saber e fazer: Cuidados com o uso de máscara








O que você precisa saber e fazer: Aprenda a Higienizar o Celular!

O aparelho está repleto de vírus e bactérias que podem ficar lá durante horas ou até dias. Sua mão é um antro de bactérias. Você encosta nas barras do transporte público, pega em sua chave, troca dinheiro, espirra e tosse nela, entre outras milhares de coisas. Mas ao fim de tudo, você vai ao banheiro, lava com sabão, passa álcool gel e pensa que está livre dos germes. A história poderia ser essa, se não existisse o seu inseparável celular – que, provavelmente, nem sempre é higienizado. Seguem algumas dicas de como higienizar o seu celular.

Dúvidas frequentes – Perguntas e Respostas



Fontes: OMS, Ministério da Saúde, ANS

Quais os sintomas da COVID-19?

Os sintomas mais comuns da Covid-19 são febre, cansaço e tosse seca. Alguns pacientes podem sentir dor, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta ou diarreia. Esses sintomas geralmente são leves e aparecem gradualmente. Algumas pessoas são infectadas, mas não apresentam sintomas e não estão doentes. A maioria das pessoas (cerca de 80%) se recupera da doença sem precisar de tratamento especial. Cerca de 1 em cada 6 pessoas que contraem a Covid-19 desenvolvem uma doença grave e têm dificuldade para respirar. As pessoas idosas e as que têm condições médicas subjacentes, como pressão alta, problemas cardíacos ou diabetes, têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves. Cerca de 2% das pessoas que contraíram a doença morreram. Pessoas com febre, tosse e falta de ar devem procurar atendimento médico e podem entrar em contato com DANAMED SAUDE 24h (0800.888.9577).

É possível contrair a COVID-19 em contato com uma pessoa que não apresenta nenhum sintoma?

A principal maneira de espalhar a doença é através das gotículas respiratórias expelidas por alguém ao tossir. O risco de contrair Covid-19 de alguém sem sintomas é muito baixo. No entanto, muitas pessoas que recebem Covid-19 apresentam apenas sintomas leves. Isto é particularmente verdadeiro nos estágios iniciais da doença. Portanto, é possível obtê-lo de alguém que, por exemplo, só tem tosse leve e não se sente doente. A OMS está revisando as investigações em andamento sobre o período de transmissão do Covid-19 e continuará relatando os resultados atualizados.

Como ocorre a transmissão do Coronavírus?

A transmissão ocorre principalmente pela via respiratória, pela inalação de gotículas de saliva ou contato com objetos, roupas e superfícies onde as gotículas tenham se depositado. Pode acontecer ainda através do contato próximo com a pele de alguém infectado, por meio de beijo, abraço ou mesmo um aperto de mão.

Qual a melhor forma de prevenir o contágio?

Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão ou então higienize com álcool em gel 70%. Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com o braço, e não com as mãos. Evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar, lave sempre as mãos como já indicado. Mantenha uma distância mínima cerca de 2 metros de qualquer pessoa tossindo ou espirrando. Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote uma onda amigável sem contato físico, mas sempre com sorriso no rosto. Higienize com frequência o celular e brinquedos das crianças. Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos e copos, toalhas, telefones. Evite aglomerações e mantenha os ambientes limpos e bem ventilados. Se estiver doente, evite contato físico com outras pessoas, principalmente, idosos e doentes crônicos e fique em casa até melhorar.
Durma bem, tenha uma alimentação saudável e faça atividade física.

Adianta tomar vacina contra a gripe?

Não, mas a vacina evita que a pessoa tenha outros tipos de doenças respiratórias. Busque orientação de como vacinar em segurança. Em caso de fila, mantenha uma distância de, pelo menos, 2 metros dos demais, principalmente os idosos. Informe-se se na sua cidade haverá uma estratégia de vacinação diferenciada. Ligue 136 ou entre em contato com a Secretaria de Saúde da sua cidade.

Quem corre mais risco?

Pessoas acima dos 60 anos e aquelas com doenças crônicas, como diabetes e doenças cardiovasculares. Esse público não deve viajar nem frequentar cinemas, supermercados, shopping, shows e outros locais com aglomerações. A orientação é FICAR EM CASA.
Caso utilize medicamento de uso contínuo, entre em contato com seu médico ou peça para algum familiar ir até o posto de saúde para buscar uma receita com validade ampliada, principalmente no período de outono e inverno. Isso reduz o trânsito desnecessário nos postos de saúde e farmácias.

Quando devo fazer uso de máscara?

Use máscara se estiver tossindo ou espirrando, ou se estiver com os sintomas suspeitos de Covid-19, principalmente para evitar transmitir o coronavírus para outras pessoas. Para pessoas saudáveis, use máscara caso você esteja cuidado de alguém com alguma doença ou com suspeita ou confirmação da Covid-19, para evitar que você seja contagiado. As máscaras são eficazes somente quando usadas em combinação com a limpeza frequente as mãos com água e sabão ou higienizadas com álcool em gel 70%.
Ao manusear a máscara para colocar ou retirar, é importante que você não toque na parte onde respira. Manuseie pelas alças ou parte de trás. E sempre substitua a máscara quando ela ficar úmida. Após usar a máscara, descarte-a em local adequado e lave as mãos.

O exame para detecção do Coronavírus (Covid-19) é coberto pelos planos de saúde? Desde quando?

Sim, o exame para detecção do Coronavírus foi incluído pela ANS no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde e é, portanto, de cobertura obrigatória aos beneficiários de planos de saúde com segmentação ambulatorial, hospitalar ou referência. A medida vale a partir de 13/03/2020 – data de publicação da Resolução Normativa nº 453 no Diário Oficial da União (DOU).

Em que casos deve ser feito o exame?

O exame deverá ser feito nos casos em que houver indicação médica. O médico assistente deverá avaliar o paciente de acordo com o protocolo e as diretrizes definidas pelo Ministério da Saúde, a quem compete definir os casos enquadrados como suspeitos ou prováveis de doença pelo Coronavírus (Covid-19) que terão direito ao teste. Nas situações em que o médico verificar que o exame é indicado, deverá orientar o paciente a procurar sua operadora para pedir indicação de um estabelecimento de saúde da rede da operadora apto à realização do teste. É preciso ficar atento, pois o conhecimento sobre a infecção pelo Coronavírus (Covid-19) ainda está em construção e os protocolos e diretrizes podem ser revistos a qualquer tempo.

Caso suspeite que esteja infectado com o Coronavírus, como o beneficiário deve proceder?

Cada operadora de plano de saúde definirá o melhor fluxo para atendimento de seus beneficiários, portanto, a orientação é que o usuário que desconfie que está com Coronavírus entre primeiramente em contato com a operadora e se informe sobre os locais de atendimento. Se você está com sintomas de gripe, fique em casa por 14 dias e siga as orientações do Ministério da Saúde para o isolamento domiciliar. Só procure um hospital de referência se estiver com falta de ar, e você pode ainda entrar em contato com DANAMED SAUDE 24h (0800.888.9577)

Os planos de saúde cobrem o tratamento dos problemas de saúde causados pelo coronavírus?

Sim, os planos de saúde já têm cobertura obrigatória para consultas, internações, terapias e exames que podem ser empregados no tratamento de problemas causados pelo Coronavírus (Covid-19). É importante esclarecer que o consumidor tem que estar atento à segmentação assistencial de seu plano: o ambulatorial dá direito a consultas, exames e terapias; o hospitalar dá direito a internação.

Existe alguma vacina, medicamento ou tratamento para a Covid-19?

Ainda não. Até o momento, não há vacina nem medicamento antiviral especifico para prevenir ou tratar a Covid-19. No entanto, as pessoas afetadas devem receber cuidados para aliviar os sintomas. Pessoas com doenças graves devem ser hospitalizadas. A maioria dos pacientes se recupera graças aos cuidados de suporte.

Em caso de coronavírus confirmado na minha casa, como fazer o isolamento domiciliar?

Pessoas com diagnóstico confirmado de coronavírus precisam ficar em isolamento domiciliar. Veja como proteger sua família: A distância mínima entre o paciente e os demais moradores é de 1 metro. Para casais o ideal é dormir em camas separadas. No quarto usado para o isolamento, mantenha as janelas abertas para circulação do ar, a porta fechada durante todo o isolamento e limpe a maçaneta frequentemente com álcool 70% ou água sanitária. Ideal é limitar o número de cuidadores do paciente, definindo alguém que esteja em boas condições de saúde e não tenha doenças crônicas de base ou condição de imunossupressão. Atenção! Em casas com apenas um quarto, os demais moradores devem dormir na sala, longe do paciente infectado. Itens que precisam ser separados:

O lixo produzido pelo paciente contaminado precisa ser separado e descartado. Toalhas de banho, garfos, facas, colheres, copos e outros objetos usados pelo paciente. Sofás e cadeiras também não podem ser compartilhados. Os móveis da casa precisam ser limpos frequentemente com água sanitária ou álcool 70%.

Condutas para a pessoa contaminada:

Utilize máscara o tempo todo. Se for preciso cozinhar, use máscara de proteção, cobrindo boca e nariz todo o tempo. Depois de usar o banheiro, nunca deixe de lavar as mãos com água e sabão e sempre limpe vaso, pia e demais superfícies com álcool ou água sanitária para desinfecção do ambiente.

Condutas de todos os moradores:

Se uma pessoa da casa tiver diagnóstico positivo, todos os moradores ficam em isolamento por 14 dias também. Caso outro familiar da casa também inicie os sintomas leves, ele deve reiniciar o isolamento de 14 dias. Se os sintomas forem graves, como dificuldade para respirar, ele deve procurar orientação médica. Higienizar as mãos constantemente, e principalmente após qualquer tipo de contato com o paciente ou seu ambiente.







Para quem quiser buscar saber mais sobre o Coronavírus e a Covid-19, seguem alguns links de referência e maiores informações




Fale agora conosco!