Cuidamos de pessoas e não de doenças

11 de setembro de 2020

Dana foca na prevenção e no acompanhamento da saúde do colaborador

Desde 2012, a Dana trabalha com um novo conceito em suas ações de saúde junto a seus colaboradores. No lugar de apenas prestar assistência médica por meio de convênios e contratação de empresas de saúde complementar, a Dana desenvolveu a Danamed, um conceito de participação coletiva nas questões de gestão da saúde na empresa, que visa a prevenção de doenças.

A Danamed oferece ambulatórios médicos e ambulâncias equipadas de plantão (24 horas por dia) em todas as unidades da empresa, rede de atendimento médico, clínicas, laboratórios e hospitais conveniados para atendimento aos funcionários e seus dependentes, até aqui muito parecido com outros serviços oferecidos por empresas do mercado, mas o que vem a seguir é a grande diferença.

A mudança no foco do atendimento, visando não apenas o atendimento médico, mas sim o acompanhamento médico, onde a atenção maior é na preservação da saúde e na prevenção do surgimento de doenças. Isso demonstra não só o compromisso com seus colaboradores, mas a inovação na gestão da Saúde e Segurança, que tem atendimento, monitoramento e gestão em diferentes níveis de risco, cuidando das pessoas e não das doenças.

Com esse novo foco, além dos benefícios para o trabalhador, que mantém sua saúde e produtividade, a empresa pode contar com total disponibilidade de sua equipe e minimiza as despesas com assistência médica.

A criação do Comitê de Saúde multidisciplinar, composto por representantes da alta direção, das divisões de Operações, Recursos Humanos e Finanças, melhorou a gestão de saúde e o controle de custos, mas simultaneamente essa mudança de enfoque propiciam uma atenção permanente de todos os colaboradores nas questões de saúde e no permanente bem-estar de todos.

Esta comissão não apenas cuida dos aspectos clínicos, mas também do ambiente nas unidades Dana, com adequações em mobiliários, rotinas das tarefas, melhorias nas áreas de utilização comum, como refeitórios, vestiários, portarias e sanitários, além de ferramentas, EPI´s, cardápios e tudo mais que possa trazer melhor qualidade de vida aos colaboradores.

Desde 2015, EPIs são disponibilizados por meio de vending machines. São 16 pontos distribuídos no Complexo Dana Gravataí (RS) e as máquinas oferecem 170 diferentes tipos de EPIs, previamente cadastrados pelo perfil de atividade do colaborador (foto feita antes da pandemia)

Esse envolvimento e trabalho de imersão por equipes especializadas e multidisciplinares nas questões de saúde da empresa permite a real percepção, especialmente da área financeira, sobre os benefícios dos investimentos dirigidos à promoção da saúde com foco na prevenção, com melhores retornos em redução de custos, qualidade de vida e produtividade.

Outra vantagem para todos os envolvidos é que isso ajuda na criação de programas específicos para atender e estimular a adoção de práticas preventivas nas situações de alta frequência, tais como o Programa de Monitoramento e Gerenciamento de Pacientes Crônicos da Dana, que acompanhada e monitora colaboradores conforme seus históricos médicos; ou Campanhas de controle de Tabagismo e Alimentação Saudável, criados a partir do crescimento significativo do número de funcionários acometidos com diversos tipos de câncer.

Dra. Carmen Lúcia Kauer, conceituada pneumologista e coordenadora médica Dana é uma das responsáveis pela gestão das campanhas de prevenção na empresa (foto feita antes da pandemia)

Mas o conceito de saúde vai além. Mesmo com os cuidados de prevenção e estímulo a adoção de hábitos saudáveis, existem momentos críticos em que o paciente e seus familiares precisam de apoio clínico e emocional e devem se sentir acolhidos, respeitados e valorizados. Para isso foi criado o Programa de Acompanhamento Médico, dentro das premissas de que cuidados paliativos e humanização da gestão da saúde também são necessários. O programa é voltado para tratamentos oncológicos, deficiências, doenças crônicas, incluindo as osteomusculares graves, resgatando para o convívio rotineiro os funcionários aposentados por invalidez ou com outras condições especiais de saúde.

Todo funcionário ou familiar acometido por uma doença mais séria ou de tratamento prolongado tem o acompanhamento de um médico de referência, que é um profissional com uma visão mais abrangente de todo o histórico clínico e pessoal do colaborador ou seu dependente.

Além dessa atenção específica, a equipe composta por médicos e enfermeiros que conhecem o histórico do colaborador também garante agilidade na marcação de consultas e a indicação profissional de clínicas para realização de exames.

Tudo isso influi na recuperação do paciente, evitando o agravamento da doença ou, caso isto não seja possível, obter ganhos perceptíveis de qualidade de vida durante os tratamentos.

Ser reconhecido e tratado dignamente pelos profissionais, percebendo que eles o conhecem não como um número de identificação, mas como indivíduo, causa grande sensibilização e engajamento, atenuando os sofrimentos do corpo, da mente e dos relacionamentos.

Para nós da Dana, saúde não é apenas a ausência de doenças, mas principalmente, o bem estar físico, mental e social das pessoas. A Dana é composta por pessoas com a gente e temos gente cuidando da nossa gente.

Fale agora conosco!